Entre os dias 03 de julho a 17 de agosto, o CCZ vai  fazer uma campanha de imunização contra a raiva  em Salvador. Os tutores podem levar cães e gatos  aos postos de saúde para receberem a vacina antirrábica, de segunda-feira a sexta, de 8h até 14h.

Mas na prática a campanha já começou: cerca de  200 imóveis foram visitados no bairro de Jaguaribe em um esforço de vacinação do Centro de Controle Zoonoses (CCZ) do município. Na oportunidade, os moradores do bairro receberam orientações sobre  os cuidados para evitar a transmissão da raiva por morcegos com o vírus.

O local foi escolhido após o registro de dois casos de raiva em morcegos em junho.

A ação foi coordenada pelo MV Aroldo Carneiro, chefe do  Setor de Vigilância Contra a Raiva do CCZ, que explica que o último caso de raiva humana na cidade foi em 2004 e que a percentagem de infecção entre os morcegos é baixa:  entre 1% a 5% dos indivíduos. O médico veterinário alerta que  a lei protege os animais silvestres e que estes mamíferos voadores são importantes para o equilíbrio ecológico. Neste vídeo ele explica os cuidados que a população pode tomar para evitar o contágio. 

 

 

Fonte: SECOM/PMS
Ascom CRMV/BA, 26 de junho de 2018

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.