A presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV/BA), MV Ana Elisa Almeida, acompanhada dos funcionários Igor Andrade e Alexander Ramos participou na terça-feira, 19 de junho de uma reunião com os médicos veterinários de Feira de Santana, cidade a 119 km de Salvador.

A reunião foi solicitada  pelo  presidente da Associação de Médicos Veterinários de Feira de Santana ( ASMEV-FSA), MV Lidomar Marton França.

Com um excelente quórum  -estavam presentes 33 profissionais-  os participantes externaram  preocupações com  a legislação, com a necessidade de campanhas de vacinação e com as campanhas de castração realizadas  no município e no estado, feitas,  segundo os relatos deles, de modo inadequado.

Alguns médicos veterinários informaram que tem recebido em seus estabelecimentos animais com sequelas de procedimentos equivocados.

Foi externada ainda, a preocupação com o uso eleitoral e político destas campanhas, em detrimento da saúde e bem estar dos animais.

Todos os participantes puderam falar e ser ouvidos  em suas inquietações. Eles também puderam ter maior contato com a legislação atual, explicada pela presidente Ana Elisa Almeida. Conhecer mais da legislação provocou nos profissionais feirenses o desejo de contribuir com sugestões de atualização  e normatizações das Resoluções e Portarias futuras.

O presidente da ASMEV-FSA  defende que a legislação ofereça  prazos mais dinâmicos para que o CRMV/BA possa atuar assim que a denúncia for feita.  Foi sugerida na reunião uma enquete aberta a todos os profissionais para atualizar a Lei 5.517/68 e que o resultado fosse levado para as Câmaras Nacionais de Presidentes do Sistema CFMV-CRMVs.

Outra preocupação é com a ocorrência de charlatanismo: os profissionais, relatou o MV Lidomar França, não se conformam em ter isso classificado como “contravenção”, deve ser criminalizado como nos casos de Odontologia e Medicina Humana.

Valorização Profissional

Eles ressaltaram que seria acertado estreitar a união com a Vigilância Sanitária, Ministério Público e órgãos de defesa do consumidor no momento de averiguar o andamento dos eventos.

Os profissionais de Feira de Santana lembraram também da necessidade de conscientizar os médicos veterinários  sobre a ilegalidade de fazer parte de campanhas que não apresentam as condições corretas de atendimento.

Tendo  iniciado às 19h, o encontro se estendeu até perto das 23h, dada a importância do assunto.

“Nossa luta”, diz a presidente do CRMV/BA,  “é zelar pela saúde das pessoas e dos animais, e ao combater irregularidades, estamos cuidando dos bons profissionais da Medicina Veterinária e da Zootecnia em nosso estado.” Ela ainda afirma: “nunca me furtei em participar de atividades semelhantes:  estou sempre pronta para falar com os profissionais da Bahia sobre os problemas que afligem nossas atividades, porque acredito que isso resulta em valorização do profissional”.

 

(Foto gentilmente cedida pelo MV Lidomar Marton França)

Ascom CRMV/BA, 21 de junho de 2018

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.