(Foto do álbum pessoal da Dra. Débora Malta)

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV/BA) participou nos dias   20 a 30 de  agosto de 2018,  da   4ª etapa da  Fiscalização Preventiva e Integrada (FPI), ação idealizada pelo Ministério Público da Bahia com apoio de diversas ONGs e instituições públicas. A ação foi  realizada na chapada diamantina. A FPI ficou sediada na cidade de Itaberaba, a 278km de Salvador.

Na atividade, foram resgatados cerca de 600 aves e répteis.  Destes, cerca de 300 estavam em boas condições de saúde e puderam ser soltos na natureza.

A participação do CRMV/BA foi na equipe Fauna, com as presenças do médico veterinário Paulo César Maia e do fiscal Alexander Ramos.  Também estava na equipe fauna a médica veterinária Débora Malta, pela ONG Animália. Malta também é presidente da Comissão Regional de Animais Selvagens e Meio Ambiente  (CRASMA) do CRMV/BA.

Atingindo    municípios da Bacia do Rio Paraguaçu, a fiscalização  fez orientações sobre uso do solo, mineração e vegetação.

A última FPI havia sido realizada entre os dias  08 a 21 de abril de 2018, na região de Santa Maria da Vitória, no oeste baiano.

Em  Itaberaba já ocorreram outras etapas das FPIs, como em julho de 2011 e julho de 2015.

As FPIs defendem o meio ambiente e os direitos dos cidadãos. Sendo preventiva, a fiscalização pretende evitar que ocorram maiores dados à natureza, pois há investimento na orientação e na conscientização da população.

Ascom CRMV/BA, 31 de agosto de 2018

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.