Publicado: 11/07/2017 16h59 Última modificação: 11/07/2017 18h51

Divulgação/Mapa-  Novacki com o representante permanente da União Europeia junto à Organização Mundial do Comércio (OMC), Paolo Garzotti

Em Genebra, onde participa do Codex Alimentarius, o secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Eumar Novacki, estimou nesta terça-feira (11), que a venda de carnes brasileiras (bovina, suína e de aves) ao mercado externo poderá crescer 3% neste ano, alcançando 10% do mercado mundial.

Durante reuniões bilaterais realizadas em Genebra, o secretário-executivo do Mapa fez questão de ressaltar as providências adotadas para assegurar a qualidade dos produtos produzidos no Brasil.

O secretário tem participado, durante esta viagem, de encontros bilaterais com representantes dos principais parceiros comerciais e de organismos internacionais para falar sobre a qualidade e segurança dos alimentos produzidos no Brasil. Novacki também quer reforçar o apoio à candidatura brasileira de Guilherme Costa, coordenador de Assuntos Multilaterais da Secretaria de Relações Internacionais do Mapa à presidência do Codex.

O Codex Alimentarius é entidade vinculada à FAO (Organizacão das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentacão), que trata dos padrões, diretrizes e recomendações para a segurança, qualidade e comércio leal de alimentos entre os 188 países membros. A elaboração de normas que reflitam o desenvolvimento tecnológico do setor de alimentos – decisivas à inocuidade dos produtos – e que facilitem o comércio justo, sem barreiras sanitárias, é defendida pelo brasileiro. É a primeira vez que o Brasil concorre ao cargo.

Fonte:  ASCOM/MAPA

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.