O médico-veterinário Josélio de Andrade Moura é o novo presidente da Academia Brasileira de Medicina Veterinária (Abramvet). Eleito para o triênio 2019-2022 Moura assume o posto no próximo dia 31, em solenidade no Salão Nobre da Sociedade Nacional da Agricultura, no Rio de Janeiro.

Natural de Jequié, no sudoeste da Bahia, Josélio Moura é um dos fundadores da Abramvet e o primeiro baiano a presidir a entidade. “A academia é uma instituição nobre e guarda a memória da medicina veterinária. É uma grande honra para mim presidir essa entidade”, pontua.

Moura ainda destaca os principais desafios da gestão. “Manter contato técnico cientifico com as indústrias de produtos para a saúde animal, buscar relacionamento com a Fundação Banco do Brasil, Caixa, Embrapa, FAO, dentre tantas outras para ajudar o Brasil a manter o status de maior exportador de proteína animal, além da implantação do Museu Vivo do Cavalo e do Museu da Medicina Veterinária no Rio de Janeiro; a publicação do Dicionário Oficial de Termos da Medicina Veterinária e a consolidação do quadro do Exercito Brasileiro estão entre os nossos principais objetivos e desafios. Além disso, os profissionais podem esperar da nossa gestão a frente da Academia o apoio em educação veterinária permanente e à educação continuada”, sentencia.

A Academia Brasileira de Medicina Veterinária foi criada na década de 1980, por meio da Resolução número 424 do Conselho Federal de Medicina Veterinária, publicada em nove de setembro de 1983. Entre as suas atribuições estão o incentivo e apoio às publicações cientificas e o fortalecimento da Medicina Veterinária. A Abramvet realiza também o intercâmbio com as Academias de países como França, Espanha e Portugal para promover o desenvolvimento da profissão.

Presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia, Altair Santana de Oliveira parabeniza a diretoria eleita e destaca a importância da entidade e a representatividade da Bahia no colegiado. “A Abramvet é formada pelos luminares da Medicina Veterinária brasileira e tem um importante papel no fortalecimento da nossa profissão. Para nós é um orgulho imenso ter um baiano que só nos honra ocupando a sua presidência junto com outros importantes baianos” destaca.

Além de Josélio Moura na presidência, a nova diretoria da Abramvet conta os baianos René Dubois e Wilma de Albuquerque Franco no Corpo de Conselheiros. A posse dos novos diretores está marcada para o dia 31 de outubro, às 15h, no Salão Nobre da Sociedade Nacional da Agicultura (SNA), no Rio de Janeiro.

Conheça a nova Diretoria da Abramvet – Triênio 2019-2022

DIRETORIA EXECUTIVA
Presidente – JOSÉLIO ANDRAE MOURA
Vice-Presidente – JOSÉ CÉSAR PANETTA
1º Secretário – EDINO CAMOLEZE ALCY
2º Secretário – ALCY JOSÉ VARGAS CHEUICHE
1º Tesoureiro – WILLIAM GOMES VALE
2º Tesoureiro – JOSÉ FERREIRA NUNES
Diretor da Biblioteca e do Museu – PERCY INFANTE HATSCHBACH
Vice-Diretor de Biblioteca e do Museu – LUIZ AIMBERÊ SOARES DE FREITAS

CONSELHO FISCAL

Efetivos:
RENÉ DUBOIS – PRESIDENTE
SALVADOR JORGE DA CUNHA NETO
ROMULO CERQUEIRA LEITE

Suplentes:
WILMA DE ALBUQUERQUE FRANCO
CARLOS WILSON GOMES LOPES
RAIMUNDO NELSON SOUZA DA SILVA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.