O incêndio na ‘colônia de gatos’ situada no bairro de Piatã, em Salvador, no último domingo (5) causou a morte de um gato e comprometeu a saúde de outros 35, entre fêmeas gestantes e filhotes. A brigada voluntária responsável pelo resgate agora está em busca de doações para a reconstrução do local e de itens básicos como ração e medicamentos. As doações também podem ser realizadas por transferência bancária, via pix e também presencialmente.

Médica-veterinária e presidente da Comissão de Ética, bioética e bem-estar animal do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia, Ilka Gonçalves integra o grupo de resgate e auxilia os protetores que cuidam dos animais que vivem no local. Ela explica que os animais resgatados passaram por atendimento médico-veterinário e estão disponíveis para adoção. “São mais de 300 felinos, entre adultos e filhotes que estão disponíveis para adoção”, pontua.

As contribuições em dinheiro podem ser realizadas por meio do pix marciam3@gmail.com. Já as doações de ração, medicamentos e utensílios podem ser realizadas nas clínicas Felina e Villa Latta. Os interessados em oferecer um lar para os gatos podem entrar em contato por meio do perfil do Instagram @gatinhossos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.