Cumprindo a sua função de orientar os médicos-veterinários e zootecnistas e proteger a sociedade, e em virtude da emergência estabelecida pela suspeita de contaminação de petiscos para animais pela substância monoetilenoglicol, o CRMV-BA reuniu orientações urgentes e necessárias aos médicos-veterinários que atuam como responsáveis técnicos nas indústrias, aos médicos-veterinários clínicos e aos tutores sobre como proceder ao identificar ou suspeitar de intoxicação pelos petiscos supostamente contaminados.

Orientações aos RTs:

Orientações aos Clínicos Veterinários:

Clique na imagem acima para acessar a matéria. 

Orientações aos Tutores:

CRMV/BA, 16 de setembro de 2022

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.