A diretoria do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV-BA), solicitou ao Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) que os valores das anuidades praticados em 2020 sejam mantidos para o exercício 2021.

O entendimento dos diretores é que a crise sanitária causada pela pandemia do novo coronavírus (SARS-Cov-2), que causa a Covid-19, ainda terá um forte impacto econômico no próximo ano e elevação dos valores poderá acarretar um crescimento da inadimplência e gerar um impacto negativo às finanças dos Regionais, comprometendo o andamento dos trabalhos.

“Discutimos o assunto em plenária e, atentos aos andamentos do atual momento, entendemos que uma elevação dos valores geraria um prejuízo não só aos CRMVs, mas também aos profissionais e empresas registrados nas autarquias e manter os mesmos valores, sem correção, seria uma maneira de amenizar os impactos dessa crise na Medicina Veterinária, Zootecnia e sociedade brasileira”, explica Altair Santana de Oliveira, presidente do regional baiano.

A solicitação foi formalizada ao Conselho Federal por meio de oficio e compete exclusivamente ao CFMV as definições dos valores a serem aplicados em 2021, mediante a resolução específica que trate sobre o tema.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.