Em 28 de setembro é celebrado o Dia Mundial de Combate à Raiva, infecção viral aguda transmitida, principalmente, pela mordida de animais infectados, e que chega a ser fatal em quase 100% dos casos. A doença é uma zoonose, ou seja, pode ser transmitida do animal para o humano e a principal forma de prevenção é a vacinação.

Em Salvador, a data será celebrada com uma ação realizada pelo Hospital de Medicina Veterinária da Universidade Federal da Bahia em parceria com o Centro de Controle de Zoonoses de Salvador. Vacinação antirrábica, ações educativas, atendimento de animais suspeitos de esporotricose e feira de adoção responsável estão entre os serviços que serão ofertados das 8h da manhã até o meio-dia.

De acordo com a Lei 5.517/1968, a vacinação animal é uma atividade privativa do médico-veterinário e só pode ser realizada por um profissional ou sob a orientação dele. Ao levar seu animal para vacinar certifique-se que se a unidade tem um profissional médico-veterinário como responsável técnico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.