Empresários da cadeia de leite vão se reunir em Salvador, nos dias  25 a 27 de outubro,  no hotel Deville, na décima edição do Encontro Baiano de Laticinistas. Nas edições anteriores palestrantes formaram  painéis nos quais foram elencados temas técnicos, políticos e comerciais do setor leiteiro.  Este ano, nomes influentes estão sendo anunciados para trazer as novidades e discutir perspectivas empresarias e sociais resultantes da produção, beneficiamento e comercialização do leite e dos produtos lácteos.

O evento, que até o último ano era voltado apenas aos laticinistas baianos, em 2019 mostra força atraindo laticínios de outros estados que manifestaram interesse e já confirmaram participação. No entendimento do médico-veterinário Rafael Teixeira, empresário e diretor do Laticínio Dengo,  “a Bahia vem assumindo um interessante protagonismo na organização da indústria láctea no norte-nordeste”.

Crescimento

Com um histórico de sucessos e já bastante conhecido entre os atores que compõem a cadeia produtiva do leite, o evento chama a atenção dos anunciantes e as cotas de patrocínio e os stands já estão esgotados.  Com essa performance, Teixeira acredita que  o “evento já está muito bem posicionado na calendário nacional”.

Segundo dados do IBGE, a Bahia respondeu por 1,9% do leite brasileiro no primeiro trimestre de 2019, o que representou um aumento em relação aos anos anteriores. Rafael Teixeira afirma que “este número está muito aquém da capacidade de produzir e de consumir da Bahia. Ações como a realização de um evento como este, tem como objetivo,  promover a organização da cadeia e que desta forma se possa vislumbrar números mais positivos num futuro próximo, para com isto posicionar a Bahia em condições mais adequadas com o seu potencial em um setor tão importante, sob o ponto de vista econômico e social, que é a cadeia produtiva do leite”.


(Atualizado em 25 set. 2019 às 08h17)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.