O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), encaminhou ofício às Superintendências Federais de Agricultura (SFA) nos estados confirmando a primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa entre os dias 1º a 31 de maio de 2020 na maior parte do território nacional.

Com a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2, que causa a Covid-19, o Mapa orienta que não sejam exigidas declarações de comprovação da vacinação que impliquem em comparecimento aos escritórios.

Devem ser vacinados bovinos e bubalinos de todas as faixas etárias. Há 23 anos não é registrado nenhum foco da doença no território baiano.

No ano passado, 2019, a campanha  foi realizada nos meses de maio e  novembro no estado alcançando cerca de 90% do rebanho, conforme orienta a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

Os produtores que não vacinarem os seus rebanhos podem ser multados e ficam também impedidos de vender ou transportar os animais.

Os proprietários poderão comprovar a vacinação usando sistemas informatizados, como o site da Agência Estadual de Defesa Agropecuária, Adab, informando login e senha.

(Foto: Arquivo Agência Brasil)

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.