Lotados nas Forças Armadas (Exército, Aeronáutica e Marinha), Polícias Militares e Corpo de Bombeiros dos estados e Distrito Federal, esses profissionais se dedicam ao manejo, reprodução, atendimento clínico-cirúrgico dos animais, adestramento, biossegurança, inspeção de alimentos, controle de zoonoses, vetores e pragas, e gestão ambiental.
 
A data escolhida para homenagear os médicos-veterinários militares se dá em alusão ao dia de nascimento do patrono da Medicina Veterinária Militar, o tenente-coronel João Muniz Barreto de Aragão (1874-1922), médico do Exército Brasileiro.
Ele desenvolveu trabalho relevante no combate a zoonoses, em especial, ao mormo, além de ter criado e dirigido o Serviço de Defesa Sanitária Animal, embrião que viria a ser o Serviço de Inspeção Federal do Ministério da Agricultura. Muniz de Aragão empenhou-se pela estruturação do ensino da Medicina Veterinária no Brasil e foi diretor da Escola de Veterinária do Exército.
 
O médico baiano nasceu na cidade de Santo Amaro da Purificação.
Há dois anos o SistemaCFMVCRMVs concede a Comenda Muniz de Aragão a profissionais que prestaram relevantes serviços à Medicina Veterinária Militar Brasileira. A indicação para o prêmio foi feita pelas diretorias executivas do CFMV e dos Conselhos Regionais ou, ainda, pelas Forças Armadas e Polícias Militares dos Estados ou Distrito Federal.
Confira os vencedores no PortalCFMV 
 
Em 2021, o agraciado pela honraria foi o Coronel do Exército José Roberto Pinho, conselheiro do CRMV/BA.
 
Parabéns a todos os médicos-veterinários militares do Brasil!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.