Entre janeiro a março, ainda com restrições, devido à pandemia, a fiscalização esteve em atividade, principalmente orientativa.

Em abril, as fiscalizações ficaram mais intensivas.

No primeiro quadrimestre foram visitadas as cidades de Salvador, Lauro de Freitas, Feira de Santana, Paulo Afonso e São Sebastião do Passé.

Em sintonia com o serviço interno, que recebe denúncias, os fiscais ainda investigaram cinco casos.

Com viés fortemente educativo, a fiscalização do Regional Bahia, transmite conhecimentos sobre legislação, orienta e esclarece. Ainda assim foram aplicados 37 autos de multa.

Porém, em casos de aplicação de Auto de Infração (falta de registro, falta de ART, falta de certificado…) o autuado pode recorrer e resolver a situação antes de virar multa.

Para denunciar, fale com a fiscalização, clicando aqui.

Confira:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.