A  Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), está desenvolvendo um projeto de geolocalização para incentivar os produtores rurais a disponibilizar as coordenadas geográficas de suas propriedades para o cadastro da instituição.

A meta é alcançar 80% das propriedades com algum tipo de exploração pecuária (considerando todas as espécies de produção).   Com isso, a Adab espera ter subsídios para que a Bahia avance para a fase de transição de retirada da vacinação contra febre aftosa.

Além de servir ao projeto, os dados são essenciais para os serviços de vigilância veterinária e atenção às emergências zoossanitárias.

Médicos-veterinários e zootecnistas podem participar do processo orientando os produtores sobre a importância de participar do projeto que  vai solidificar a economia baiana.

Para mostrar os detalhes de como fazer a marcação, a Adab criou um tutorial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.