O médico-veterinário Rodrigo Bittencourt, diretor do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV/BA), foi eleito vice-presidente da gestão 2022-2023, da Associação Brasileira  de Andrologia Animal (Abraa).  A presidência ficou com o professor Rubens Paes de Arruda, da Universidade de São Paulo (Usp).

A Andrologia Animal, explica Bittencourt, cuida e pesquisa sobre a saúde reprodutiva dos machos e é uma das três subespecialidades da Reprodução Animal. As outras duas são a ginecologia, com foco nas fêmeas, e a obstetrícia, voltada para a fêmea gestante.

Apenas médicos-veterinários fazem parte  da Associação Brasileira  de Andrologia Animal. São membros da Diretoria da Academia, representantes da academia, empresas do ramo, e representantes dos médicos-veterinários de campo.

A Abraa, junto com o Colégio Brasileiro de Reprodução Animal (CBRA) e a Sociedade Brasileira de Tecnologia de Embriões (SBTE), compõem as três entidades nacionais que representam os profissionais que militam na Reprodução Animal e são responsáveis pela organização.de eventos nacionais e internacionais e produção técnica e científica da reprodução animal.

Um dos desafios da gestão, conta Rodrigo Bittencourt será organizar a sexta reunião da entidade no próximo ano, que pode ocorrer em São Paulo capital, na região de Campinas ou no interior do estado do Rio de Janeiro.

Conectado com as novidades científicas e com as demandas da profissão, ele reporta que sua “vida profissional e acadêmica tem sido focada no estudo da Andrologia animal e suas biotecnologias afins,  e fazer parte da Diretoria Executiva da Abraa, além de refletir o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo seu grupo de estudos da UFBA (GERA), também traz à luz à qualidade da produção técnica da Medicina Veterinária baiana, em especial, na Reprodução Animal, que sempre teve grandes nomes da área, como os Professores José Resende, José Carlos de Andrade Moura, Alberto Lopes Gusmão, Antônio de Lisboa Ribeiro Filho e Marcos Chalhoub Coelho Lima”.

O Professor Rodrigo Bittencourt declara que “com uma grande honra, espero continuar representando bem a Reprodução Animal baiana, que tem todas essas grandes referenciais nacionais e internacionais”.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.