Balanço parcial da nova fase de fiscalização preventiva integrada (FPI), realizado no último sábado (23), em Bom Jesus da Lapa, Oeste baiano, aponta o resgate de 373 animais silvestres, a prisão de 15 pessoas, a destruição de 40 fornos de carvoaria e a apreensão de oito armas de fogo. O balanço final das atividades deve ser divulgado na próxima sexta-feira (30), em uma audiência pública, no município escolhido para deflagrar a ação.

Os médicos-veterinários e biólogos também encontraram 15 animais silvestres abatidos, além interditar dois laticínios e apreender queijos e iogurtes impróprios ao consumo. A 43ª etapa da FPI contou com a participação de órgãos estaduais e federais, entre eles, o Conselho Regional de Medicina Veterinária da Bahia.

A fiscalização preventiva integrada tem foco na preservação do meio-ambiente, da saúde das pessoas e do Rio São Francisco. O modelo de ação idealizado na Bahia é seguido por outros estados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.