No dia 12 de novembro de 2021, sexta-feira, o pleno do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV/BA), se reuniu de modo híbrido (presencial e em teleconferência) para a realização da 460ª Reunião Plenária Ordinária (R.P.O.).

Altair Santana de Oliveira, presidente do CRMV/BA abriu os trabalhos com o expediente da presidência, trazendo vários assuntos, como a avaliação do processo eleitoral que ocorreu no dia 08 de novembro.

A secretária-geral Maria Tereza Mascarenhas, durante a discussão da eleição, lembrou a importância de todos os profissionais estarem com os dados cadastrais atualizados, conforme sempre é orientado nas redes sociais e no site da Autarquia.

Mascarenhas ainda deu informes sobre a Comissão que preside, a que trata do Planejamento Estratégico.

Foi lembrado pelo diretor financeiro, Rodrigo Bittencourt, a importância da análise criteriosa dos projetos de castração que chegam ao Conselho. Ele também trouxe  para discussão a preocupação com faculdades que tentam ministrar grande parte de carga horária  de modo virtual.

Deferimentos

Processos de cancelamento de Pessoa Jurídica e cancelamento de registro foram relatados pelo vice-presidente, Lúcio Leopoldo Aragão da Silva.
O CRMV/BA recebeu no total 17 novos profissionais e 34 novas empresas segundo informou a secretária-geral.

O pleno  autorizou um Programa de Educação em Saúde, Guarda Responsável e Esterilização Cirúrgica com a Finalidade de Controle Populacional, popularmente conhecido como mutirão de castração. A atividade é normatizada no âmbito do Regional Bahia pela Resolução CRMV/BA Nº 056 de 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.