Com a ampliação da vacinação para idosos com mais de 80 anos e profissionais da saúde, o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia esclarece algumas questões importantes sobre a imunização para os profissionais médicos-veterinários.

1. Os médicos-veterinários são considerados grupo prioritário para a vacina?

Sim. Desde 1998, com a publicação da Resolução nº 287, do Conselho Nacional de Saúde (CNS), os médicos-veterinários integram a lista de profissionais de saúde e estão contemplados no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, elaborado pelo Ministério da Saúde.

2. O que o CRMV-BA tem feito para garantir a vacinação dos médicos-veterinários?

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV-BA), tem atuado dentro de todas as possibilidades que lhes são cabíveis. Além de buscar a inclusão do médico-veterinário no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 elaborado pelo Ministério da Saúde, já encaminhou às secretarias municipais e à secretaria estadual de saúde ofício no qual pede a inclusão dos médicos-veterinários no grupo prioritário para vacinação e enviou a relação dos profissionais com registro ativo na Autarquia para todos os municípios.

3. Quando os profissionais médicos-veterinários serão vacinados, então?
Até o momento, as doses dos imunizantes são insuficientes para vacinar toda a população. As secretarias estaduais e municipais de saúde estão realizando um cronograma de prioridade para atender aos chamados grupos de risco. A ampliação será realizada gradativamente, mediante a disponibilização das vacinas.

4. Quem está sendo vacinado neste momento?
Idosos, indígenas, quilombolas e profissionais da saúde.

5. Quais são os profissionais da saúde aptos a receber as doses da vacina nesta fase?
Profissionais da linha de frente e aqueles que atuam em clínicas, consultórios, multicentros, espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde entre outros tipos de unidades de saúde que estão inseridas no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES).

6. Sou médico-veterinário e trabalho em vigilância à saúde. Tenho direito à vacina nesta etapa?

Sim. Os médicos-veterinários que atuam nas vigilâncias de saúde municipal, estadual ou federal estão contemplados nessa fase e têm direito à vacinação.

7. Preciso apresentar alguma documentação para ser vacinado?

Sim. Além da carteira de identidade profissional emitida pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Bahia (CRMV-BA), os profissionais devem apresentar uma declaração da Instituição de saúde onde trabalha, uma declaração de que atua como profissional de saúde detalhando as funções que exercem e o último contra-cheque.

8. Existe algum canal onde posso saber se estou apto a me vacinar?
Em Salvador, a Secretaria Municipal de Saúde disponibiliza o site http://www.saude.salvador.ba.gov.br/servicos/servicos-online/vacinacao-profissionais/. A consulta pode ser feita pelo CPF ou nome completo do profissional.

9. E os médicos-veterinários que atuam em clínicas, autônomos e outras atividades serão vacinados neste momento?
Não. Neste momento apenas os profissionais que atuam em vigilância em saúde receberão a imunização. Os demais, serão contemplados em fases posteriores do Plano Nacional de Vacinação.

Para mais informações, consulte a Secretaria de Saúde do seu município.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.